Meditação de 22 de Setembro de 2017
Rev. Josemar da Silva Alves Bonho

É Primavera!

"Todo ano ela vem e volta no ano que vem
Vem pra plantar, enfeitar a floresta
E toda a natureza entra em festa
Passarinhos e abelhinhas
Joaninhas e florzinhas perfumadas
As crianças nas escolas
Comemoram sua chegada"

Essa é a primeira estrofe da música infantil “Vai e Vem das Estações” dos músicos Paulo Tatit e Sandra Peres (Palavra Cantada), com a participação de Mônica Salmaso e Arnaldo Antunes. É uma bonita descrição da alegria e vitalidade que é a chegada da primavera - a estação das flores, dos aromas e do renascimento da natureza. A estação começa nesta sexta-feira, dia 22, mas uma das minhas flores prediletas, a do ipê amarelo, já estão cobrindo as copas e o solo com sua beleza.

Tem uma história curiosa de ipê amarelo que aconteceu a quase 30 anos em Porto Velho, capital de Rondônia. A companhia de eletricidade instalou um poste de energia elétrica feito do tronco do ipê amarelo, mas depois de um tempo aquele tronco criou raízes, brotou e voltou a florescer na primavera. Voltou a ser um lindo ipê florido mesmo após ter sido cortado, serrado e transformado num poste. Diante do inusitado, as autoridades ambientais tomaram a providência de colocar um poste de concreto ao lado e preservar o ipê amarelo, que ainda hoje permanece uma testemunha altiva do poder regenerador da natureza no entroncamento da Av. Jatuarana com a Rua Cravo da Índia, no bairro Cohab Floresta daquela capital.

Essa história é uma lição sobre resistência. Assim como o ipê dessa história, nós também passamos por muitas situações na vida que querem nos transformar em postes. Isso acontece quando os problemas nos paralisam ou quando somos submetidos a uma situação ou condição indesejável. Mas Deus nos deu a capacidade de resistir, de florescer e reviver. A ciência chama essa capacidade de resiliência, pois permite enfrentarmos as adversidades sem perder o sentido da vida.

Noto em algumas palavras do apóstolo São Paulo essa característica, especialmente quando ele escreve: “Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.12,13)

Louvado seja Deus pela primavera que traz a beleza das flores e também nos fortalece e nos faz florescer na prática do bem, espalhando o bom perfume de Cristo num mundo onde tantos infortúnios querem nos imobilizar.